quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Eu não sou sempre assim!


Um dia desses, relendo minhas postagens anteriores, percebi que ando um pouco revoltada com tudo e com todos.


Para comprovar essa constatação, hoje pela manhã, meu namorado ao me deixar no serviço me diz: Melhoras.


Então eu perguntei: Melhoras por quê?


Ele responde: Do mau humor.


Silêncio. Reflexão.


Realmente, eu admito que ando irritada e não tenho como desculpa o meu período “tepeêmico” porque ainda falta muito.


Não sei o que está acontecendo. Eu não sou assim tão mal humorada. Acho que é esse frio que não vai embora nunca, ou algumas pessoas que não se colocam no seu lugar, ou... prefiro não comentar...


Mas prometo que vou melhorar, isso não vai durar pra sempre. No fundo, no fundo, eu sou uma pessoa doce, simpática e agradável.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Passado?


Sou uma pessoa que vive o presente. Quando mudo uma fase, mudo tudo. Do que vivi, trago para o presente só as lições, tanto dos momentos bons, quanto dos ruins. O resto é passado.


Passado e presente não vivem juntos, é impossível conciliar os dois, de alguma forma alguém sai prejudicado, e certamente o maior perdedor será você, pois enquanto se está preso ao passado, olhando pra trás, o presente esta deixando de ser vivido e as oportunidades estão passando e elas com certeza não voltarão.


Se você quer viver um presente e construir um futuro é essencial que se liberte do passado, já dizia aquela famosa dupla: o que passou, passou não voltará...e o que tiver que vir, virá, virá...

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Cartão Vermelho!


Estou chocada, surpresa, estupefata, pasma, de boca aberta, enojada, revoltada, sei lá qual é a melhor definição para o que estou sentindo no momento.


Acabou de chegar aos meus ouvidos uma notícia ou fofoca, nem sei como definir também, que me deixou sem reação. Não entro em detalhes do ocorrido e também não quero ser moralista, mas não posso deixar de descarregar aqui essa minha indignação.


Onde estão os valores das pessoas? Os valores atualmente estão deturpados, não sei o que faz as pessoas se orgulharem de determinadas atitudes. Realmente tem gente que perdeu o senso do ridículo e acima de tudo o amor próprio.


Já disse e repito: Não sou moralista! Apenas acho o respeito pelos outros e principalmente por si próprio, fundamental.


Mesmo esse fato não me afetando diretamente, fico pensando em como confiar numa pessoa com valores tão invertidos??? Como ter certeza de que essa forma de pensar dessa pessoa, um dia não irá me prejudicar??? Não sou juíza de ninguém além de mim mesma, dessa forma me dou o direito de decidir quem faz parte da minha vida. Portanto, para pessoas assim na minha vida: Cartão Vermelho!

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Tá chegando!


Fim de mês chegando e com ele meu pagamento...uhuu, que dia feliz! Dia feliz? Seria. Senão fossem os inúmeros carnês da Renner, Mastercard, a Natura, o Avon e mais algumas continhas com vendedores, que fazem o favor de levar os seus produtinhos na minha humilde residência. E eu como sou uma pessoa de bom coração, sempre acabo ajudando-os.

Todo mês, no dia do pagamento eu faço o juramento de me controlar e fazer com que sobre pelo menos 10% do meu salário. Promessas, promessas, promessas...

Agora parei com essas promessas em vão. Começarei a economizar em 2010, após a quitação das contas atuais com a ajuda da Nossa Senhora do 13º.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Chove lá fora...


...e aqui ta tanto frio!

Embora a chuva seja necessária e tenha até quem goste dela, eu não consigo ficar feliz num dia como hoje.


Fico sem animo, sem alegria, sem criatividade, pois acho que até meus neurônios se recolhem em dias como hoje.


A minha vontade é passar aquelas tardes da infância, quando chovia não precisava ir ao colégio. Então, naquela época, dia de chuva era o mais feliz pra mim. Ficava em casa, vendo Vale a pena ver de novo, depois seção da tarde, comendo pipoca, bolinho de chuva, deitadinha com a minha vózinha e o meu vôzinho. Saudades, tempo bom que não volta mais!!!


Mas voltando ao presente, eu não posso ficar em casa, pois tenho que trabalhar. Aliás, já esta na minha hora...

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Um dia elas caem...




Quantas vezes na vida você já teve aquele sentimento de decepção com alguém? Eu já perdi as contas.

Mesmo tendo prometido a cada desapontamento não confiar mais nas pessoas, é impossível. Sempre achamos que vai ser diferente, que dessa vez você não está enganada, que nessa pessoa se pode confiar. Então, conhecemos uma nova faceta, uma outra máscara.

E, mais uma vez decepção. O que me consola é que ninguém pode fingir o tempo todo. Um dia a máscara cai. E o que nos resta é dar sequência na nossa vida, levando a experiência e a desconfiança cada vez maior das pessoas.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Malha a barriguinha, malha a barriguinha...


Resolvi começar a malhar. Agora só falta começar, a resolução já está tomada.


O que me inquieta e não posso deixar de dividir com alguém é que nós mulheres só conseguimos ver o resultado da nossa malhação depois de quase um ano de trabalho árduo.


Enquanto que para os homens, basta fazerem 10, eu disse DEZ, abdominais algumas vezes por semana e como que por milagre ficam com a barriga tanquinho.


Óbvio que falo dos homens magros, por que se fosse assim com os mais “cheinhos” também...


Minha Nossa Senhora da Boaforma dai-me capacidade para compreender o motivo pelo qual as mulheres tem que passar por tantas provações para conseguirem uma bunda durinha e uma cintura fininha.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Sirvam nossas façanhas...



...de modelo a toda terra!!!





Uma pequena homenagem ao meu Rio Grande do Sul.

Hoje é sexta-feira!




Que felicidade! Hoje é sexta, acabou meu período “tepeêmico” e eu tenho dois dias pela frente pra dormir até tarde, acordar e continuar deitada e principalmente fazer o que eu mais gosto: NADA!

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

A mulher de Gêmeos


Mesmo que pensem conhecer esta mulher a fundo, as opiniões dos amigos e parentes nunca serão parecidas. A geminiana equivale a várias mulheres, todas diferentes, que variam conforme seu estado de espírito.


A mulher de gêmeos não muda de personalidade. Ela apenas mostra todas as mulheres que vivem dentro dela


Para ela é difícil entregar-se a uma pessoa sem enfrentar suas dúvidas.
Se algum dia ela descobrir que a melhor escolha que fez acabou se tornando um pesadelo, não pensará duas vezes em largar tudo para recomeçar do zero! A mulher de gêmeos não se prende muito aos seus erros se descobrir que fez uma escolha errada! Ela vai aprender com a experiência e dificilmente vai repetir os mesmos erros!


O melhor remédio contra o mau-humor da geminiana é sempre demonstrar amor! Não há chatice que dure muito tempo!





Desconfiados, reservados, Intuitivos e observadores...Não esquece quem lhe ajuda, nem quem lhe prejudica.





Uma mulher de Gêmeos, seja qual for, jamais tomará um trem, se puder voar. Jamais ficará calada, se puder falar. Jamais irá embora, quando puder ajudar. E jamais andará, quando puder correr. Seu cérebro tem tantos pensamentos e seu coração tantas esperanças, que talvez ela precise de um computador para classificá-los todos. Ou talvez precise apenas de alguém capaz de correr ao lado dela e sonhar junto.




Incrível como um horóscopo pode dizer tanto sobre a nossa personalidade, todas essas mulheres de Gêmeos sou eu!

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

Só pode ser Karma!


Definição: Karma é uma lei do Hinduismo que defende que qualquer ato, por mais insignificante, voltará ao individuo com igual impacto. Bom será devolvido com bom; mau com mau.

Está ai a explicação! Eu só posso ter sido muito má em outra encarnação, como eu não pensei nisso antes????

Não pode ser normal eu atrair tantas pessoas indesejáveis na minha vida, quanto mais eu fujo, mais assombração me aparece.

Nossa Senhora da Boa Vontade dai-me paciência!

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Tratamento de choque


Alguém já viu o filme tratamento de choque? Aquele em que Jack Nicholson faz um tratamento de controle da raiva em Adam Sandler? Pois é. De um tratamento desses que eu preciso!

Tem períodos em que a raiva me domina. Raiva das coisas, das pessoas, das situações. Porque as coisas não são sempre como eu quero? Porque situações difíceis acontecem quando estou na TPM? Porque pessoas indesejáveis insistem em se atravessar no meu caminho?

Nestes momentos Jack Nicholson me faz falta...Oh Jack me ajude por favor...preciso controlar a minha raiva...Gusfraba...guuusfrabaaa...aff...

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

T.P.M


A definição correta para esta sigla deveria ser Tendência Para Matar, pelo menos no meu caso.


Nesse período que precede a “maré-vermelha” eu deveria receber atestado médico e ser proibida de ter contato com a sociedade.


Sofro de mudanças repentinas de humor, choro tanto de tristeza quanto de alegria, sentimento de rejeição, fico irritada, agressiva e ansiosa (o que me faz comer e comprar mais do que o de costume).


Tenho pena das pessoas que convivem comigo, tenho pena até de mim, porque tem horas em que nem eu mesma me agüento, tenho a impressão de que sou capaz de dar choques, viro a verdadeira mulher de fases: fase meiga, fase sensível e fase explosiva.


Portanto, a quem interessar possa, quando notar alguma diferença no meu comportamento, cuidado! Estou sofrendo de TPM, entre em contato depois de uma semana.

P.S: No momento estou na TPM!

Cada um no seu quadrado...


Confesso que me impressiona a capacidade que o ser humano tem de se preocupar mais com a vida alheia do que com a sua própria.


Seria tão mais fácil se cada um dedicasse tempo integral à sua vida, iria deixá-la muito mais interessante de se viver.


É fácil! Basta nos contentarmos com o que temos, ou então procurarmos melhorar o que nos incomoda. Ficar apenas invejando, desejando o cargo do colega de trabalho, a vida da “melhor amiga”, ou ser melhor do que a “rival”, não fará com que nossa vida se torne melhor.


Por isso sou adepta da filosofia do funk “cada um no seu quadrado”, acho que todos deveriam segui-la, faz bem e não tem efeitos colaterais.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

O jeitinho Bel de ser...




A Bel. A Bel é uma super amiga que me aconselha, me xinga, me mostra o caminho, me desencaminha, me faz rir e chorar. E sobretudo me faz escrever. Comentamos que ela é minha musa inspiradora, pois em meio às nossas conversas ela ordena que eu escreva. Seu modo verbal preferido é o imperativo. No meio de tantas bobagens, sempre vem uma frase digna de umas aspas e então a Bel entra em ação: Vai escrever! Anda! Escreve que quero ler! E a Bel é sempre a primeira a ler....




Então, o combinado é que neste momento eu escreveria sobre um tema que vem me inquietando, me desarticulando e me instigando a escrever. Mas diante da janelinha da Bel estar piscando sem parar para que eu escreva, resolvi desobedecê-la, em partes, e escrever sobre ela. Escrever sobre ela, pois ela tem um "jeitinho Bel de ser", como ela mesmo intitula sua autocontemplação.




E vamos aos finalmentes... O jeitinho Bel de ser é aquele pautado nos espaços existentes entre o sim e o não, nas lacunas entre o um e o dois. O jeitinho bel de ser não é objetivo, é pura subjeção. Ele é pautado na palavra certa e dura, na palavra doce e serena, na palavra singular e plural ao mesmo tempo.




O jeitinho Bel de ser nos encanta por sua certeza e pela sua incerteza difundidas. Pela maneira obstinada de ver as situações e pela audácia em continuar nelas. O jeitinho Bel de ser é inocência e malícia espelhadas num sorriso único e cativante.




O jeitinho Bel de ser é aquele que divide lembranças, sonhos, angústias... Divide o ombro, divide a mesa, divide a alegria, divide a culpa e os segredos. O jeitinho Bel de ser é aquele que fala no silêncio e é aquele que rompe o silêncio.O jeitinho Bel de ser é aquele que não sabe dar um nó em um lenço, mas te ajuda a desatar o nó na garganta....




O jeitinho Bel de ser pode ser copiado, mas nunca será alcançado.




* Rita Germano *




Esse texto não podia faltar aqui, foi o jeito mais bonito que alguem ja me descreveu, e isso só poderia ter sido feito por alguem que me conhece realmente como essa minha querida amiga loira, linda e inteligente.

Felicidade


"Para ser feliz não existe poção mágica. É preciso somente que se tenha a alma limpa e desprovida de mágoas e rancores. Quanto mais tempo ficarmos remoendo as dores mais tempo levaremos para cicatrizar as feridas. Não há mal que dure para sempre. Por maior que um problema possa parecer, jamais poderá ser maior que a nossa vontade de viver. Estamos aqui de passagem.Nada trouxemos e nada levaremos. Cada um é livre para cumprir a sua missão da maneira que desejar."
Autor Desconhecido